Por que os homens não ligam – Parte 2

POR QUE OS HOMENS DIZEM QUE VÃO LIGAR E NÃO LIGAM? – TRAGÉDIA EM 2 ATOS

Se você não leu a primeira parte da história, confira AQUI.

 

2º Ato

Por que os homens dizem que vão ligar e não ligam? – Versão masculina da história

 

Ele vem dirigindo normalmente seu Audi novo com um pouquinho de pressa, afinal de contas, chegar cedo em casa depois de um dia de trabalho “dos infernos” é uma das melhores coisas do mundo. Vai se aproximando de um sinal de trânsito, que por acaso acaba de ficar amarelo… quando um carro entra à sua frente bruscamente, forçando-o a frear mais bruscamente ainda!
Suando frio pela adrenalina do susto, deixa seu carro deslizar e para no semáforo.

Primeiro pensamento: “Filadap…!!! Deve ser alguma “vaca” idiota dirigindo, que só usa a porra do retrovisor para retocar a maquiagem!!!” Você olha para frente e qual não é sua surpresa: “se é uma vaca, eu não sei… mas se for, não é que a bovina é bonitinha?”, pensa, despido de preconceitos.

Segundo pensamento: “É… ela é bonitinha e tudo mais… mas se eu bato com o meu carro novo nesta merda aí na frente, eu tô fudido…”


Essa história acabaria aqui SE você estivesse frente a um homem comum. Mas como pudemos perceber pelos dois pensamentos acima… estamos perante um “malandrão”! Portanto…

 

Terceiro pensamento: “Vou azarar ela só de sacanagem! Ela vai ver meu carro, que vai me dar uma facilitada na hora… afinal de contas, quem gosta de homem bonito é viado, mulher gosta mesmo é de dinheiro!!!”

O sinal abre, ela fica 5 segundos arranhando a marcha… e mais 5 acelerando o carro… o motor quase pula pelo capô… e consegue sair lentamente. Andam mais um pouco e param novamente no próximo sinal. Mas desta vez, lado a lado. Discretamente, e com um movimento ninja, tira a aliança e coloca as mãos no volante… “Ufa!!! Deu tempo…”.

Olha para ela e ela também está olhando. “Vai ser a maior moleza”, ele pensa. “Não vou nem gastar muita saliva, vou logo pedir seu telefone e aposto que ela vai se derreter…”

Ele abaixa o vidro e faz sinal com a mão, como um retardado, rodando uma manopla imaginária para ela abrir o seu vidro também. Quando ela consegue, ele diz com a voz mais sedutora que pôde arranjar: “Me dá o seu telefone, gatinha?”

O trânsito começa a andar e ela está lá gritando “PEEEERAAAAÍÍÍ !!!!”, enquanto procura alguma coisa no carro. Vários carros começam a buzinar e algumas doces palavras são ouvidas. Elogios à sua mãe, parece…

Enfim ela entrega um cartão meio amassado com o seu nome, telefone fixo, DDD, dois celulares, e-mail, endereço completo e descobre que ela é a @gatinhacarente0906_1990.

Você liga uma hora depois e joga um papinho-aranha… nada muito complicado. Convida ela pra jantar. “Claro!!!”, ela responde prontamente. Naquela noite ela tinha um compromisso de não sei o que lá da tia dela, mas amanhã vai estar livre. Ele marca de buscar ela em casa, desliga e canta bem alto: “YEEEAHHH… Sexo… Eu quero SEXO!!!! ME DÁ… SEXO!”

No dia seguinte sai de manhã meio afobado e diz rapidamente à sua mulher: “Oi amorzinho, infelizmente hoje o dia vai ser longo. Sei lá que horas volto… pois tenho uma auditoria super-chata com o cliente mais ranzinza e pentelho da empresa, mas que é quem paga as contas do escritório, e meu chefe me mandou representá-lo na empresa. Infelizmente aquele bossal viado disse só pode ser no fim da tarde, mas acho que ele só vai à noite… Sabe como é, né? Os executivos de hoje vivem para as empresas, e elas não podem parar pra eu descansar! Não tem família, com certeza! Um porre, mas….. você entende, né???”

A esposa choraminga chateada: “Mas de novo???? Ah… não vai não… fica comigo…”, ao que responde, já pegando sua maleta 007 com travas de segurança e senha de 118 números: “Desculpa, meu bem, mas tenho que ir… Te Amo… Tchau!”. E sai com um ar arrependido e pomposo, como se estivesse indo para a guerra à contragosto.

Ao final do dia de trabalho, e exatamente no horário combinado, ele chega na casa dela. Ela vem com um vestido “meio esquisitão”, mas isso é detalhe. Ela entra no carro, ambos se cumprimentam e vão para um restaurante japonês que um amigo recomendou, afinal não entendia nada de restaurantes finos. Não gostou de nada mas, malandro, sugeriu estender a noite para um outro bar. Pelo menos tem batatas fritas com cerveja.

Mais tranquilo, paga a conta, bota um CD de uma coletânea que um amigo esqueceu em seu carro… ela deve gostar disso… e para na porta do prédio dela, pensando: “Que tal? Vamos meter, agora?.” Ela olha meio encabulada e lhe pergunta se gostaria de continuar conversando no apartamento dela, ao que ele prontamente aceita e pensa: “BOOOAAA… conversar porra nenhuma!!! Essa já era…!”.

Eles sobem e já no elevador ele a ataca ferozmente. Pega a mulher de jeito! Entram no apartamento dela e ele, como um touro enfurecido, já vai querendo rasgar seu vestido esquisito, pois a meia-calça já foi… até que…. “PARA!!!”, fala ela.

Ele para e sorri amarelo. Conversam um pouco, bebem um licor e dessa vez ela vem pra cima dele, chegando até a surpreender, tal empolgação. Fazia coisas com a boca realmente surpreendentes… até que… “PARA!!!”. “Que saco!!!!!, pensa ele, que descansa um pouco, a acaricia, passa a mão carinhosamente em seus cabelos com um meigo olhar ensaiado, e começa de novo lentamente. Os movimentos das mãos começam a retomar o ritmo inicial, vai ficando quente de novo até que os gemidos começam a sair. Agora vai! Quando…. “PARA!!! Para, para, para!!!”. Ele pensa… “Putaqueopariu!!!!! Parece programa do João Kléber!”.

Ele então, gentilmente, lhe diz que tem que ir embora e fala: “Amorzinho, adorei sair com você, você é maravilhosa, linda e quero muito sair com você de novo. Será que posso te ligar de novo?”. “Claro!!!”, responde ela, dando a entender que adoraria sair novamente.

Eles se despedem e ele finalmente diz: “Então… amanhã eu te ligo“.

Ela fecha a porta e ele desce no elevador puto da vida, com uma dor no saco dos infernos, pensando: “Quando eu chegar em casa vou ter que bater punheta, que jeito?”.

Pega o carro, para no primeiro posto de gasolina para abastecer, vai na loja de conveniências comprar cigarros e… surpresa! Coincidentemente, uma amiga da época da faculdade dá de cara com ele. E… incrível… ela está gostosíssima, com uma mini-saia show de bola e uma blusa que basta respirar para os peitos voarem do decote.

Conversa vai, conversa vem… e onde acaba a história?

Ele vai com ela para um motel e transam loucamente durante horas. Sexo selvagem e enlouquecido, com descanso apenas para uma água. Acabam, tomam um banho juntos, se arrumam e saem…

Eles vão embora três horas depois, pegar o carro dela no posto. Trocam telefones. E ele volta para casa com um sorriso abobalhado no rosto, feliz e ciente de que teve uma das grandes noites de sua vida.

E aí eu te pergunto…
Adivinha para QUEM ele ligou no dia seguinte???”

 

 

 

Não perca, amanhã, os comentários aprofundados sobre o assunto, destrinchados por especialistas de renome. Imperdível!!! Ahhhh…. doce cultura invisível…

 

Tags: , , , , , ,

3 Respostas to “Por que os homens não ligam – Parte 2”

  1. Bruna Says:

    Escrevi tão na correria que não coloquei um monte de virgulas e escrevi ” sicero ” invés de ” sincero” .. Considerem o erro❤

  2. Bruna Says:

    Adoro esse blog. O que me levou a sempre estar aqui lendo diversos artigos de diferentes assuntos foi a leitura do texto ” beijo ”. Sinceramente foi o melhor texto que eu ja li. O mais criativo, mais divertido e mais sicero. Amei e através dele, venho sempre aqui❤ Obrigado por você(s) escreverem um monte de coisas engraçadas e me tirarem da bad.

  3. Alexandre Says:

    Fantástico e perfeito Duda, hehehe!!!

Obrigado pelo seu comentário! Volte sempre... =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: